Arquivo de Novembro, 2014

Convivendo com crianças – O melhor para condomínios

Atitudes e dicas para a boa convivência em condomínios entre crianças e adultos. Respeito e espaço para todos

crianças administradora de condomínios

Muitas pessoas pensam não haver uma condição de equilíbrio entre as duas coisas. Condomínio residencial e crianças. Correria, barulho e objetos danificados são comuns nesta relação.

Ainda existem problemas em relação ao barulho causado em espaços que não são de área comum. Geralmente moradores sem filhos se sentem incomodado e perdidos na busca por seu direito de paz em sua residência.

Uma administradora de condomínios pode auxiliar na questão com estratégias para tratar do assunto sem tabu e com sabedoria. O objetivo é tornar a vida de todos mais agradável, com respeito e diversão para as crianças do condomínio.

Listamos a seguir alguns pontos (quatro) que podem transformar o ambiente mais saudável para todos:

Dicas para tratar crianças (com respeito) em condomínios:

Eleição de um mini síndico: O dialogo com as crianças pode ser produtivo e gerar respeito e educação. Jovens querem participar e serem ouvidos. Seus direitos de brincar e se divertir devem ser respeitados como eles também devem respeitar certas regras. O trabalho de eleição de um síndico mirim trás voz aos pequenos, além de ter um potencial educador para questões futuras como política, consciência, cidadania e respeito.

Salão de jogos: Espaços ociosos podem ser transformados facilmente em uma sala de diversões para crianças. Espaços de interação social entre os jovens tendem a resultar em mais lazer e respeito. Regras definidas de horários e acesso serão mais bem aceitos se os jovens forem respeitados com pequenas atitudes, mostrando que eles tem importância.

Regras bem definidas: As regras em relação à horários e espaços adequados devem ser bem definidas e de conhecimento dos condôminos. A administradora de condomínios pode realizar um plano bem feito de participação e eleições para fomentar e dar voz aos moradores. Estas atitudes transformam o ambiente em algo regulado e com funcionamento saudável.

Educação de casa: Atitudes criativas que incentivem o bem estar e o respeito podem ser tomadas. Mesmo com todos estes artifícios, a educação de fato começa em casa. As crianças devem respeitar e ter o cuidado dos pais para terem limites. Dialogo e educação começa em casa e se reflete na formação do indivíduo e em como este vai agir perante a sociedade.

Condomínios, recursos e sustentabilidade

agua-susentabilidade

A responsabilidade na gestão de condomínios abrange diversos aspectos. Desde a arquitetura e elaboração do conceito residencial até a gestão eficaz de recursos. É importante estar atento especialmente para a questão de consumo comum. É possível pensar diretamente em água, luz e serviços.

 

As grandes concentrações de moradias possuem papel fundamental diretamente nas questões relativas a sustentabilidade. São Paulo, especialmente, vive a maior seca dos últimos 80 anos. Os reservatórios de água estão em níveis alarmantes. Os mais baixos desde suas criações.

 

A crise mostra maiores problemas no sistema Cantareira que trabalha com a segunda reserva técnica, o chamado segundo volume morto. Para conter a crise, o aparato estadual (gov. do Estado e Sabesp), recentemente solicitou uma verba de 3,5 milhões de reais para o governo federal.

 

Tais atitudes emergenciais por parte do poder publico apresentam a natureza da crise. E apontam para a real necessidade de colaboração de toda a sociedade.

 

A Sabesp coordena campanhas de incentivo à redução do consumo de água. Está em vigor, atualmente, um desconto de 30 % na conta de água para todos aqueles que conseguirem economizar 30% no uso da água.

 

O uso consciente também é incentivado em condomínios. Administradoras de condomínios, síndicos, entre outros profissionais são alertados frequentemente para promoverem medidas de redução na utilização da água.

 

Cartazes e reuniões emergenciais estão sendo elaboradas e convocadas entre os componentes das estruturas condominiais.

 

Ambiente social

 

A responsabilidade na utilização de recursos é importante e reflete a sustentabilidade também no campo social. Condomínios e comunidades devem conviver com o máximo de inteligência e paz.

 

A questão do esgoto é essencial assim como outros aspectos relativos à responsabilidade ambiental e social. A tendência aponta para o uso consciente de recursos como água e energias. Informe-se com sua administradora de condomínios atitudes que seu condomínio pode tomar.

 

É de interesse de todo condômino assim como qualquer integrante da comunidade o alinhamento das concentrações condominiais com melhores condições de aproveitamento de recursos e sustentabilidade.

 

ADAPLAN marca presença em encontro das administradoras de condomínios – ENACON

Enacon-Administradoras de condomínios

Entre s dias 13 e 14 de outubro aconteceu em São Paulo a ENACON ( Encontro Nacional das Administradoras de Condomínios ). O evento foi sediado e idealizado pela Secovi-SP ( Sindicato da Habitação ) no bairro da Vila Mariana, Zona Sul. A intenção do encontro foi de realizar pesquisas e aprofundar conhecimentos nas relações condominiais que vem sofrendo mudanças recentes. Um corpo diversificado de especialistas ministrou palestras essenciais para entender a dinâmica dos condomínios.

A ADAPLAN esteve presente e pode dialogar com setores envolvidos no negócio. A ideia das moradias, especialmente em grandes e médias cidades, assume um caráter mutável ao longo dos anos. A compreensão de varias faces das questões que envolvem os empreendimentos é essencial para o exercício eficaz de uma administradora de condomínios.

O tema central foi definido como “Riscos e oportunidades em tempos de mudanças”. Entre as pautas discutidas é possível destacar inovações em campos diversos que impactam diretamente a vida dos moradores. Entre eles segurança, inovações arquitetônicas, novas tecnologias, economia, convivência, questões de ordem jurídica e mercado específico.

Entre os nomes de alguns palestrantes, é possível destacar como exemplo, o economista e apresentador do programa Manhattan Connection, da Globo News, Ricardo Amorim. Ele abordou temas econômicos globais e os reflexos diretos no Brasil, bem como no setor imobiliário especificamente.

Também marcou presença o renomado filósofo, escritor, colunista da CBN e  professor da PUC-SP Mário Sérgio Cortella. A reflexão trazida pelo filósofo abordou temas relativos à convivência humana em sociedades formadas por condomínios residenciais.

Os diálogos propostos dentro dos temas discutidos são essenciais para a manutenção da expertise nos serviços do ramo. A ADAPLAN como uma administradora de condomínios mantém responsavelmente o foco no serviço eficaz e conectado com a visão critica para sempre se adaptar e melhorar dentro do setor.